HOSPITAL DE BASE APRESENTA OS 6 MESES DA NOVA DIRETORIA

A FASI – Fundação de Atenção a Saúde de Itabuna, mantenedora do  HBLEM – Hospital de Base Luis Eduardo Magalhães tem seu financiamento 100% SUS com clientela direta os munícipes de Itabuna que sendo referência como Macrorregião Sul da Bahia, agregando nesta a sua microrregião composta de 22 municípios e mais 03 (três) Microrregiões que a compõem:  Ilhéus (08 municípios), Valença (11 municípios) e Jequié (22 municípios), e mais 45 municípios pactuados nos serviços de neurologia. O quantitativo de atendimento nestes últimos 06 meses voltados à população foi cerca de 36.753 pacientes/06 meses, distribuídos 29.259 pacientes atendidos no Pronto Socorro, 7.494 pacientes atendidos no ambulatório/área diagnóstica, gerando 3.113 internações onde foram realizados procedimentos de urgência/emergência e eletivos, 2.101 cirurgias nas áreas de: Clinica Cirúrgica, Ortopedia e Traumatologia, Bucomaxilofacial, Neurocirurgia e Cirurgia Vascular.

 

CONQUISTAS E EVOLUÇÕES

 “Estamos evoluindo, reconquistando a confiança dos prestadores de serviços e o respeito da população”, resume a diretora da Fundação de Atenção à Saúde de Itabuna (FASI), Márcia Andrade, técnica escolhida pelo atual prefeito de Itabuna, Fernando Gomes, para conduzir o hospital. Avanços podem ser contabilizados. Tais como:

 

·         Redução da divida corrente encontrada no HBLEM, no montante de R$ 7,9  milhões;

·         Novo contrato com Coelba que proporcionando a redução do custo de energia elétrica de R$ 62 mil para R$ 42 mil reais;

·         Ajustamento da Usina de Gases para pleno funcionamento;

·         Redução de mais de 50% nas contas de telefonia;

·         Promoção de Campanha de Doação de Sangue com grande divulgação na Mídia da Região;

·         Negociação com sindicado dos Servidores no sentido de aperfeiçoar o Plano de Cargos e Salários;

·         Renegociação dos Contratos Médicos e demais prestadores direto de serviço;

·         Atendimento as demanda do Ministério Público do Trabalho;

·         Credibilidade para recebimento de Emendas Parlamentares com participação direta na realização dos Projetos de Reforma da CTI e Casa de Abrigo de resíduos. Além de Equipamentos, tais como: Ultrassom diagnóstico – cardio e exames avançados, monitores multiparâmetros,  computadores (desktop-básico), tomógrafo computadorizado (16 canais)  eletrocardiógrafo, monitores para imagens radiológicas, aparelho de raio x - móvel, carros de emergência, impressoras laser (comum), autoclave hospitalar horizontal mínimo 360 litros, aparelho de anestesia com monitor, ventiladores pulmonares pressométrico,  poltronas hospitalares,  camas hospitalares tipo fawler mecânica, mesas de cabeceira com refeição acoplada, ventiladores pulmonares pressométrico – móvel, defribilador.

·         Manutenção preventiva em toda área externa e interna do Hospital;

·         Funcionamento dos (02) dois Arcos Cirúrgicos, passando operar casos complexos que antes não eram realizados;

·         Renegociação avançada do parcelamento do FGTS e INSS;

·         Recadastramento dos Servidores;

·         Credenciamento do Hospital em cirurgia eletivas: cirurgia geral, ortopedia junto ao Estado da Bahia;

·         Habilitações em alimentação enteral e parenteral, leitos de retaguarda;

·         Aperfeiçoamento e recredenciamento da Residência Cirúrgica;

·         Parceria com o Ministério Público do Trabalho na reestruturação das enfermarias B/C e D;

·         Com a clara certeza de que o patrimônio público deve respeitado e que cada recurso vindo do bolso do cidadão deve ser bem investido.

·         Para os próximos meses esta Direção já trabalha no sentido de Reforma as Enfermarias C e D, Ampliação da CTI e Reforma do Abrigo de Resíduos de Lixo.

 

“Na certeza que ainda falta muita coisa”, sabemos que o desafio é grande, mas estamos no inicio desta caminhada e olhamos com bons olhos o crescimento de nossa Fundação bem como o atendimento equânime a população.


Pesquisa