Sessão é interrompida por causa de tumulto

Era para ser mais uma sessão normal de terça-feira à noite na Câmara de Vereadores de Prado, mas não foi. Isso devido à intenção de alguns “cidadãos” que mais uma vez provocou uma grande confusão no plenário ao, inicialmente, desrespeitar os seguidos pedidos de silêncio da mesa diretora para que os vereadores conseguissem usar a tribuna e, em um segundo momento, por não manter a ordem no plenário sendo então convidado a se retirar.

A sessão, teve que ser interrompida por 10 minutos. Momentos antes de retornar os trabalhos, alguns moradores que estavam no plenário não pouparam críticas ao que considera ser um absurdo. “Infelizmente, eles ainda se comportam como se estivessem em campanha. Ou eles assumem a derrota que tiveram nas urnas e viram a página, ou seguirão com o total descrédito perante a sociedade pradense por tentar atingir pessoas que foram escolhidas pelo povo para governar a cidade”, disse seu João Almeida, de 45 anos.

Os vereadores já haviam criticado a postura de algumas pessoas, que vão à Câmara Municipal de Prado para tumultuar os trabalhos.


Pesquisa